36586

Saúde confirma duas mortes e 100 casos suspeitos de H1N1 em MT

Duas pessoas morreram por complicações decorrentes da gripe H1N1, causada pelo vírus influenza 'A, em Mato Grosso. A confirmação foi feita pela Secretaria Estadual de Saúde (Ses) que informou ter registrado durante 1º de janeiro e 25 de julho deste ano cerca de 100 casos da doença.

De acordo com a secretaria, quatro casos de H1N1 foram confirmados e 32 estão sob investigação. Porém, apenas duas mortes já foram confirmadas em decorrência da gripe e outra está sendo investigada.

Medidas simples de higiene pessoal são ações fundamentais para evitar a contaminação por influenza. É importante higienizar as mãos com água e sabão, com frequência, principalmente depois de tossir ou espirrar; após usar o banheiro; antes de comer; antes de tocar os olhos, boca e nariz. Também é recomendável que as pessoas evitem tocar os olhos, nariz ou boca após contato com superfícies; usar lenço de papel descartável e proteger a boca e o nariz ao tossir ou espirrar.

É aconselhável ao doente não sair de casa enquanto estiver em período de transmissão da doença (até sete dias após o início dos sintomas) ; evitar aglomerações e ambientes fechados. É importante que o ambiente doméstico seja arejado e receba a luz solar. Estas medidas ajudam a eliminar os agentes das infecções respiratórias.A ingestão abundante de líquidos ajuda na cura.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email