55813

Quatro são presos em MT suspeitos de tortura e exploração sexual infantil

Quatro pessoas foram presas pela Polícia Civil suspeitas de tortura e exploração sexual infantil, no município de Guiratinga, distante 334 km de Cuiabá. As prisões ocorreram nesta quarta-feira (6) durante uma operação deflagrada para combater a prostituição de menor, com 8 mandados de prisão preventiva expedidos pela Justiça e 11 pessoas indiciadas pelos crime.

De acordo com a Polícia Civil, as investigações iniciaram há 20 dias, após uma adolescente ir até a delegacia e denunciar que estava sofrendo tortura e exploração sexual. Durante a apuração dos fatos, as investigações apontaram o envolvimento de pelo menos 11 pessoas na prática dos crimes, sendo que uma delas teve o mandado de prisão preventiva representado pela delegada de Guiratinga, Lígia Pinto da Silveira.

Um dos suspeitos já havia sido preso no dia 25 de outubro. Em seguida, a Justiça decretou a prisão preventiva dos sete suspeitos envolvidos no esquema. Ainda segundo a polícia, quatro pessoas continuam foragidas na Justiça. Policiais realizaram diligências em Rondonópolis, para onde, segundo informações, um dos suspeitos teria fugido para casa de familiares, mas ele não foi loicalizado.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email