39110

Professores da rede estadual entram em greve a partir desta 2ª em MT

Professores da rede estadual deflagraram greve por tempo indeterminado em Mato Grosso a partir desta segunda-feira (12). De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT), a categoria pede melhorias no trabalho, convocação dos classificados no último concurso e ampliação de recursos na educação. A decisão foi tomada após assembleia geral realizada no último dia 5 de agosto, no mesmo dia que se iniciou o segundo semestre do ano letivo.

Segundo a Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT), Mato Grosso conta com 36 mil profissionais de educação no estado e 434 mil alunos na rede estadual de educação. Conforme o sindicato dos professores, a categoria também pede realização de concurso público imediatamente, melhoria na infraestrutura das escolas, ampliação de 30% dos recursos na educação. Os professores devem fazer manifestações durante a greve.

“Existem pendências desde 2012 para melhorias no poder de compra, posse imediata do último concurso [feito em 2010] e melhorias nas estruturas físicas nas unidades”, salientou o presidente do Sintep-MT, Henrique Lopes Nascimento.

Em abril deste ano os professores da rede estadual fizeram uma outra paralisação. Na ocasião a categoria pedia reajuste no piso salarial, melhorias no setor da educação e convocação os aprovados no último concurso.

Outro lado
A Seduc diz que o governo está aberto ao diálogo com os profissionais. Em nota publicada, o governo pontuou que está em processo final a climatização de 300 escolas da rede estadual. A secretaria garante que abriu 5.500 vagas no último concurso e já convocou mais de 8.800 profissionais. Também é pontuado na nota a criação de uma comissão para avaliar a proposta de dobrar o poder de compra da categoria.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email