Pousada terá que suspender atividades

STÉFANIE MEDEIROS
Da Reportagem

A Justiça de Santo Antônio de Leverger determinou que a pousada Sítio da Vovó, localizada às margens do rio Cuiabá, suspenda suas atividades imediatamente, sob pena de multa diária de R$ 10 mil. 

De acordo com relatórios da Sema, em vistorias realizadas no local para o projeto Rio Verde, o estabelecimento funciona em Área de Preservação Ambiental (APP), sem, no entanto, ter licença de operação. 

A ação civil pública, proposta pelo Ministério Público do Estado, ainda ressalta que a proprietária da pousada tentou justificar a ausência do licenciamento dizendo que estava em processo de renovação. 

No entanto, no processo de licenciamento ambiental da pousada, expedidos pela Sema não consta a emissão da Licença de Operação. “Nos processos de licenciamento ambiental do empreendimento não há emissão da referida Licença de Operação, portanto, não se trata nem mesmo de renovação. O empreendimento nunca esteve licenciado para operação”, diz o documento. 

O sítio, localizado na região do assentamento Santa Bárbara, em Santo Antônio de Leverger, está às margens do rio Cuiabá e oferece aos seus hospedes atividades envolvendo pesca, cavalgadas e caminhadas. As refeições são feitas em fogão a lenha, que de acordo com a descrição do site, dá uma “excelente comidinha caipira”. 

A reportagem entrou em contato com o Sítio da Vovó. De acordo com a diretoria do local, a proprietária ainda não foi notificada e não irá se pronunciar sobre o assunto. 

FONTE: DIÁRIO DE CUIABÁ

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email