63022

Ônibus são incendiados em ataque no Terminal Vida Nova em Campinas

Três ônibus do transporte público foram incendiados e outros sete, depredados no final da manhã desta segunda-feira (13) nas imediações do Terminal Vida Nova em Campinas (SP), bairro onde foram registradas cinco das 12 mortes na chacina ocorrida na madrugada. Um carro e uma das cabines da entrada do terminal também ficaram destruídos por conta do fogo. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da VB Transportes e Turismo, empresa responsável pelos veículos atingidos. A Guarda Municipal e a Polícia Militar isolaram o local e não há registros de feridos.

Testemunhas relataram que o terminal foi invadido por volta das 11h50 por um grupo composto por entre 10 e 20 pessoas. Diante dos danos, o serviço no terminal foi interrompido e o espaço, cercado por aproximadamente 80 policiais militares deslocados para a ocorrência. Ninguém foi preso até esta publicação e o terminal não possui circuito de câmeras de segurança, o que pode comprometer as investigações. Às 13h50, peritos do Instituto de Criminalística chegaram ao local para avaliar os estragos.

A Empresa Municipal de Desenvolvimento Urbano (Emdec) afirmou que as linhas que atendem o bairro continuam funcionando, mas com itinerário alterado. Segundo a empresa, por questões de segurança, não serão divulgados os pontos de desembarque alternativos no bairro. A Emdec orienta, ainda, que os usuários que utilizam o terminal devem procurar os pontos de embarque na região para seguir até o Centro. Não há previsão para reabertura do terminal.

A Associação das Empresas de Transporte Urbano de Campinas (Transurc) informou que após a constatação dos danos nos veículos, as linhas suspenderam a operação no bairro por questões de segurança e a previsão é de que elas voltem a operar às 15h30. A Associação que representa as empresas afirmou também em nota que 300 pessoas participaram da ação de vandalismo, entre elas, “muitos com os rostos cobertos, carregando pedaços de pau, pedras e substâncias inflamáveis”.Ligação com chacina
A Polícia Civil informou que não descarta a possibilidade do ato ter ligação com a série de mortes que ocorreu entre a noite deste domingo e a madrugada desta segunda. Durante o período de quatro horas, foram totalizadas 12 mortes em bairros da periferia.

Na noite deste domingo também houve confusão no bairro Bom Retiro, em Sumaré (SP), cidade vizinha de Campinas. Dois jovens atearam fogo em um ônibus. Segundo a Polícia Militar, os autores estavam em uma praça no bairro e incendiaram o coletivo, que estava estacionado na Rua Marcos Dutra Pereira. O veículo que estava vazio ficou destruído. Ninguém ficou ferido.

Receio dos moradores
O instrutor de alunos Fernando da Silva Peixoto percebeu a fumaça por volta das 12h próximo do terminal. Ele escreveu para o VC no G1 e contou um veículo, que estava estacionado em uma rua ao lado do terminal, ficou queimado. “Estamos muito assustados, porque não sabemos como será a situação até a noite. Minha família está praticamente presa dentro de casa e preocupada com quem saiu para trabalhar”, afirma.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email