30291

Grupo invade prédio da Secretaria da Segurança de SP, diz assessoria

Um grupo de manifestantes ligados a movimentos sociais invadiu o hall de entrada da sede da Secretaria da Segurança Pública (SSP) de São Paulo, no Centro da capital paulista, na manhã desta terça-feira (14). De acordo com a assessoria de imprensa da SSP, o grupo ocupou o local às 10h30, gritando palavras de ordem.

Os manifestantes deixaram o local poucos minutos depois ao serem informados de que a SSP receberia uma comissão para uma reunião que deve ocorrer às 16h, om a participação do secretário Fernando Grella Vieira. A manifestação foi pacífica e não houve dano ao patrimônio, segundo a pasta.

De acordo com a Polícia Militar, a manifestação reuniu cem pessoas e cerca de 30 entraram no prédio. A corporação informou que não houve invasão. O grupo pedia maior segurança na periferia, policiamento de qualidade e redução dos homicídios, ainda segundo a PM. A CET não tem informações sobre bloqueio de vias.

Segundo Gilson Garcia, que faz parte do movimento Periferia Ativa, uma das organizações presentes na manifestação, o protesto pede a conclusão das investigações de crimes com a possível participação de policiais na periferia e que famílias de vítimas da violência recebam a indenização de R$ 200 mil que é o valor pago a famílias de policiais mortos em conflito. Garcia informou ainda que a ocupação foi pacífica, apesar de funcionários da SSP tentarem fechar as portas.

Garcia disse ainda que cerca de mil pessoas participaram do protesto e 120 entidades estão representadas.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email