25235

Escavação ferroviária encontra 13 corpos em vala comum medieval

Funcionários de um projeto ferroviário no centro de Londres encontraram 13 corpos de pessoas que teriam sido vítimas da Peste Negra no século 14. A doença, transmitida pela pulga de ratos, pode ter dizimado até um terço da Europa na Idade Média. Até hoje, a pandemia é considerada a mais cruel e destrutiva da história humana.

A descoberta dos esqueletos em uma vala comum foi feita pelo projeto bilionário Crossrail durante a escavação de um túnel sob a Praça Charterhouse.

Segundo informações do site do jornal britânico “Daily Mail”, as ossadas estavam a quase 2,5 metros entre as estações de trem Farringdon e Barbican, duas das áreas mais movimentadas da capital inglesa.

E os corpos de homens e mulheres não foram simplesmente jogados nas valas, mas colocados lado a lado em fileiras uniformes, com as mãos cruzadas sobre o tronco.

Agora, arqueólogos (vistos nas fotos) trabalham no local. O principal especialista, Jay Carver, disse que essa é uma obra muito significativa e que ainda há muitas perguntas a responder. Primeiro, serão feitas análises de DNA para identificar a causa da morte dessas pessoas, qual a idade delas na época e quem elas foram.

Quando os exames forem concluídos, os esqueletos devem ser enterrados no próprio sítio arqueológico ou em um cemitério.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email