44072

Dois assaltantes de bancos morrem em confronto com o Bope em MT

Dois homens suspeitos de integrar a quadrilha que assaltou agências bancárias da cidade de Vila Rica, a 1.276 quilômetros de Cuiabá, morreram em confronto com policiais em uma região de mata, durante a manhã desta segunda-feira (16). A informação foi confirmada pela Polícia Militar ao G1. Na última segunda-feira (9) a quadrilha assaltou duas agências bancárias, uma cooperativa de crédito e uma unidade dos Correios.Conforme a PM, equipes do Batalhão de Operações Especiais (Bope), policiais civis da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) e da Gerência de Operações Especiais (GOE) faziam buscas pela quadrilha durante a manhã, encontraram os suspeitos e houve tiroteio. O confronto ocorreu por volta de 8h30 [horário de Mato Grosso] em uma região de mata que fica a 50 quilômetros de Vila Rica, na divisa com o Pará.

Dois homens de 47 e 28 anos morreram no local. Os corpos dos assaltantes foram encaminhados para a unidade de Pronto Atendimento de Vila Rica. Ainda de acordo com a PM, um outro assaltante ficou ferido e conseguiu fugir pela mata.

Um outro suspeito que estaria próximo ao local onde houve o confronto foi preso pelos policiais. Conforme a Polícia Civil, ele seria integrante da quadrilha, apesar de não entrar em confronto com os policiais. Durante essa operação, que resultou em confronto, os policiais apreenderam um fuzil AK-47 calibre 7.62 mm.

O assaltante preso seria natural do Pará e foi encaminhado para a Polícia Civil de Vila Rica. Se confirmada a participação dele no assalto simultâneo, ele deve responder pelos crimes de roubo qualificado, porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, concurso de pessoas e organização criminosa.

Assalto
Clientes e funcionários foram colocados enfileirados, formando uma barreira na frente de uma das agências. Os reféns foram divididos em alguns grupos, colocados em pontos estratégicos na frente da unidade e em seguida obrigados a subir em quatro carros. Durante toda a movimentação a quadrilha disparou várias vezes para o alto.

O comboio de quatro veículos seguiu pela avenida junto com os reféns, que foram liberados pela quadrilha em um trecho a 15 quilômetros de Vila Rica.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email