40879

Criança de 5 anos morre afogada em piscina na casa de vizinha em Cuiabá

Um menino de cinco anos morreu afogado no final da tarde desta quinta-feira (22) no Bairro Coophamil, em Cuiabá. De acordo com o Corpo de Bombeiros, a criança estava sob os cuidados da vizinha, enquanto a mãe estava fora de casa. Em um determinado momento, a criança teria ficado sozinha e se afogou na piscina da residência.

O caso foi registrado na Rua 3, Quadra 2 do bairro. Conforme os bombeiros, era costume que a criança ficasse na casa da vizinha, já que a família não teria nenhuma pessoa para cuidar enquanto a mãe trabalhava e estudava.

Ao G1, os bombeiros informaram que a vizinha teria se afastado por alguns minutos para ir ao banheiro. Quando retornou não encontrou o menino e passou a procurá-lo nos cômodos da residência. A mulher encontrou a criança desacordada na piscina e chamou outros moradores para ajudar a resgatá-lo. A piscina, feita de fibra, teria entre 1m e 1,5m de profundidade.

Algumas pessoas que estavam no local retiraram o garoto da piscina e tentaram reanimar o menino, que estava desacordado, até que o Corpo de Bombeiros foi acionado. A equipe fez o procedimento de massagem cardiopulmonar na criança, no entanto, não teve resposta.

“Nós tivemos um tempo resposta muito rápido. Quando chegamos nos deparamos com a criança já fora da piscina liberando muita espuma pelo nariz e pela boca. Fizemos o protocolo de atendimento e o que era possível”, disse Marcos da Conceição, tenente dos bombeiros que atendeu o garoto.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi ao local e constatou a morte da criança. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Cuiabá. O velório da criança está previsto para ocorrer na manhã desta sexta-feira (23) na Capela Jardins, na capital.

De acordo com pessoas próximas à família, quando a mãe do garoto saía para trabalhar ou ir à faculdade, ele ficava em casa com a avó. No entanto, a avó viajou e por isso ele era cuidado por uma vizinha.

A orientação dos bombeiros é que crianças e adolescentes estejam acompanhados de adultos quando entram em rios ou piscinas. Como proteção é necessário colocar bóias de segurança ou ficar apenas nas margens de rios e piscinas.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email