45472

Cinco suspeitos de integrar quadrilha que roubou bancos em MT são presos

Cinco homens suspeitos de fazer parte de uma quadrilha que assaltou de forma simultânea duas agências bancárias, uma cooperativa de crédito e uma agência dos Correios, em Vila Rica, a 1.276 km de Cuiabá, foram presos nesta sexta-feira (27), em Palmas e Paraíso do Tocantins (TO). As prisões foram feitas durante uma operação conjunta, denominada 'Vila Rica', entre a Polícia Civil dos dois estados, segundo informações do delegado Flávio Stringuetta, da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), da Polícia Civil de Mato Grosso.

Na operação, R$ 50 mil em dinheiro, parte do montante levado pelos assaltantes das agências foram apreendidos pelos policiais, além de 16 veículos, sendo dois caminhões e cinco motos, além de um carro de luxo, ainda sem placa, que havia sido comprado na quinta-feira (26) com o dinheiro do roubo. Os veículos estavam nas residências onde os membros do bando foram detidos. Também foram apreendidos dois revólveres, duas pistolas  e um carregador de fuzil.

A ação, que conta com a participação de 35 policiais de Mato Grosso e Tocantins, foi deflagrada após o encerramento das buscas em região de mata, para onde os assaltantes teriam fugido após o crime, na quarta-feira (25).

Durante as buscas em uma região de mata a 50 km de Vila Rica, dois homens foram mortos em confronto com policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e um foi detido. Na troca de tiros, um homem conseguiu fugir, mesmo ferido.

Depois disso, um homem de 60 anos, suspeito de resgatar a quadrilha, foi preso em Conceição do Araguaia, no Pará. Ele estava com a prisão preventiva decretada, porém, foi colocado em liberdade após repassar alguns dados importantes à polícia durante depoimento. Essas informações podem ter colaborado com a prisão do bando.

Assalto
No dia 9 deste mês, clientes e funcionários foram colocados enfileirados, formando uma barreira na frente de uma das agências. Os reféns foram divididos em alguns grupos, colocados em pontos estratégicos na frente da unidade e em seguida obrigados a subir em quatro carros. Durante toda a movimentação a quadrilha disparou várias vezes para o alto.

O comboio de quatro veículos seguiu pela avenida junto com os reféns, que foram liberados pela quadrilha em um trecho a 15 quilômetros de Vila Rica.

Durante as buscas em uma região de mata a 50 km de Vila Rica, dois homens foram mortos em confronto com policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e um foi detido. Na troca de tiros, um homem conseguiu fugir, mesmo ferido.

Depois disso, um homem de 60 anos, suspeito de resgatar a quadrilha, foi preso em Conceição do Araguaia, no Pará. Ele estava com a prisão preventiva decretada, porém, foi colocado em liberdade após repassar alguns dados importantes à polícia durante depoimento. Essas informações podem ter colaborado com a prisão do bando.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email