29292

Brasil registra déficit comercial de US$ 994 milhões em abril Importações superaram as exportações e valor fo

A balança comercial brasileira registrou déficit de US$ 994 milhões em abril, informou nesta quinta-feira (2) o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

Com esse resultado, o déficit comercial no acumulado do ano até abril subiu para US$ 6,15 bilhões, contra um superávit de US$ 3,299 bilhões no mesmo período de 2012.

Em março, a balança comercial havia registrado superávit de US$ 161 milhões. Em abril de 2012, o país registrou superávit de US$ 879 milhões.

As importações totalizaram no mês o valor de US$ 21,626 bilhões e média diária de US$ 983 milhões, números recordes para meses de abril, segundo o ministério. Sobre igual período do ano passado, as importações registraram crescimento de 5,2%, e sobre março, aumentaram 2,6%, pela média diária.

Já as exportações alcançaram US$ 20,632 bilhões, valor recorde também para meses de abril. Sobre abril de 2012, as exportações registraram retração de 4,1%, e de 2,9% em relação a março de 2013.

No fechado do mês, a corrente de comércio alcançou a cifra recorde para meses de abril, de US$ 42,258 bilhões.

No acumulado de janeiro a abril, as importações somaram recorde de US$ 77,618 bilhões, com aumento de 10,1% sobre o mesmo período anterior, pela média diária. Já as exportações apresentaram valor de US$ 71,468 bilhões, queda de 3,11% sobre igual período de 2012.

Destaques importações e exportações
Em abril, cresceram as importações de todas as categorias de produtos: bens de consumo (+9,1%), matérias-primas e intermediários (+7,2%), bens de capital (+3,2%) e combustíveis e lubrificantes (+0,1%).

No segmento bens de consumo, segundo o ministério, os principais aumentos foram observados nas importações de produtos de toucador, vestuário, produtos farmacêuticos, produtos alimentícios, objetos de adorno e móveis.

Com relação às exportações, as vendas para o exterior de produtos por fator agregado em abril alcançaram os seguintes valores: manufaturados (US$ 7,245 bilhões) e básicos (US$ 10,472 bilhões), recordes para meses de abril, enquanto os semimanufaturados somaram US$ 2,457 bilhões. Sobre o ano anterior, cresceram, pela média diária, as exportações de semimanufaturados (+1,5%), enquanto decresceram as vendas de manufaturados (-3,9%) e básicos (-5,5%).

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email