60653

Adolescentes são detidos suspeitos de roubar e matar engenheiro em MT

Dois adolescentes de 16 e 17 anos foram apreendidos neste domingo (15) suspeitos de terem roubado e assassinado um engenheiro de 25 anos, em Colíder, a 648 km de Cuiabá. De acordo com informações da Polícia Militar, o rapaz desapareceu entre a noite de sexta-feira (13) e a manhã de sábado (14) e foi encontrado morto no domingo em matagal de uma estrada vicinal, a 15 km de Colíder.

O desaparecimento do rapaz foi registrado pelo colega de trabalho dele, durante a tarde de sábado. Ele era natural de Fernandópolis (SP), trabalhava em uma obra de rede de transmissão na região mato-grossense e não tinha familiares em Mato Grosso.

“Na manhã de sábado ele estava chegando em casa e foi abordado por dois menores que anunciaram o assalto. De acordo com os adolescentes, ele [o engenheiro] teria reagido. Eles contaram que quebraram uma garrafa de bebida na cabeça da vítima e colocaram o corpo dele na caminhonete”, disse ao G1 o delegado que acompanhou o caso, Sylvio Vale Ferreira Júnior.

Os dois adolescentes levaram o rapaz até uma estrada vicinal. No local, o engenheiro foi executado e abandonado. “Ainda não temos a certeza de quantos tiros, mas o adolescente afirmou que deu três disparos, dois abaixo de cada olho e um na cabeça”, completou o delegado.

Os meninos foram identificados após a caminhonete da vítima ser encontrada na garagem da casa da namorada de um deles. Um dos adolescentes, o de 17 anos, se apresentou à Polícia Civil neste domingo e confessou o crime, indicando onde o corpo do engenheiro estava. O outro adolescente, o que teria atirado e matado, foi detido em um bar da cidade. A arma utilizada no crime não foi encontrada.

O delegado pediu a internação dos adolescentes, que continuam detidos na delegacia da Polícia Civil de Colíder. A polícia ainda avalia a participação de outras pessoas no crime. O corpo da vítima foi encaminhado para necropsia em Sinop, a 503 km de Cuiabá e será transladado para a cidade de Fernandópolis, onde vivem os familiares.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email