56555

Adolescentes de MT são suspeitos de gravar ato libidinoso com criança

Dois adolescentes, de 13 e 15 anos, foram apreendidos em Cuiabá suspeitos de instigarem um menino, com idade entre 6 e 7 anos, a masturbar um deles e gravarem o ato. Os dois menores também são suspeitos de difundirem o vídeo, de cerca de 1 minuto e meio, por uma rede social da internet e por um aplicativo de celular.

Segundo a Polícia Civil, as imagens foram feitas pelo de adolescente 13 anos, que estimulou a criança a praticar o ato libidinoso no colega de 15 anos, dentro um quarto de uma casa no bairro Shangri-lá. O menino seria morador do interior do estado e, a mãe dele, amiga da mãe do menor de idade que vive no local onde as cenas foram gravadas.

As imagens foram parar em vários órgãos de segurança e passaram a ser investigadas pela Polícia Civil. “Fica claro que não teria sido a primeira vez (que a criança passou pela situação)”, disse o delegado Eduardo Botelho, da Delegacia Especializada do Adolescente (DEA).

O adolescente de 13 anos vai responder a ato infracional por estupro de vulnerável e pelo artigo 240 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), por produzir, reproduzir ou fotografar cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente. Ele também vai responder por oferecer, trocar, disponibilizar, publicar ou divulgar fotografia, vídeo ou outro registro que contenha cena de sexo explícito ou pornografia envolvendo criança ou adolescente.

O outro suspeito, de 15 anos, vai responder por estupro de vulnerável. Os menores estão detidos na Delegacia do Adolescente e serão interrogados durante a semana.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email